terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Uma viagem à cidade do Guaraná

A pequena Maués, no interior da floresta amazônica, vive do guarané há 70 anos. Hoje cresce com a concorrência intensa entre os gigantes da indústria da bebida, que disputam sua produção grão a grão. Hoje, com o aumento da concorrência, o grão tem ficado cada vem mais valorizado, o que ajuda no desenvolvimento da cidade. O preço por quilo do guaraná aumentou de R$ 4,50 em 2003 para R$ 18 em 2009.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente